mensagem 1.1

RITMO DE ESTUDO: RETOMADA

Nosso assunto, hoje, é algo muito importante para a vida de um estudante: o ritmo de estudo. Já comentei, em outra ocasião, o direito que todo mundo tem à preguiça, quer dizer, a relaxar de vez em quando, para recarregar as baterias e voltar ao estudo. Quero voltar a esse assunto porque estamos agora em um outro momento da sua preparação: está começando o terrível mês de agosto.

          O mês de agosto tem dois significados, em um ano de preparação para exames como os vestibulares e o Enem. Ele representa o fim das férias. Mas representa de um jeito muito particular. Se as férias terminam de repente a vontade de que elas continuem mais um tempo, ou, até – por que não sonhar? – Indefinidamente, continua a atrapalhar, perturbar os estudos e a necessidade de voltar a eles.

          Agosto tem ainda outro significado: o início de um semestre decisivo. Ao fim desse semestre, teremos os exames, provas concorridas, tensas, difíceis. Vai ser preciso reunir muita força de vontade para encarar esse semestre que está começando agora em agosto.

          E por que razão eu chamei o mês de agosto de terrível? Justamente por causa dos dois sentimentos associados aos sentidos que esse mês tem: a preguiça e a ansiedade. Sobre a ansiedade, vamos falar na próxima mensagem. Agora, vamos nos concentrar na preguiça.

          A preguiça é o sentimento que toma de quem não consegue se livrar das férias. É algo muito natural e compreensível, mas você precisa saber da existência desse sentimento, porque ele pode ser bem perigoso. A demora a entrar no ritmo de estudo pode fazer perder todo o esforço desenvolvido até aqui. Então, é preciso reagir à preguiça.

mensagem 1.2